A NECESSIDADE DA FILOSOFIA HOJE

 

            Vivemos um tempo em que não há espaço para a filosofia. Esse é o tempo das inovações tecnológicas, da multiplicação da informação, da imagem, do culto ao corpo, das relações superficiais, do ego inflamado, da supervalorização do ter/possuir, da decadência e da obsolescência de tudo. Em contraste com o pensamento filosófico que valoriza o conhecimento do ser, que entende que muita informação é só um entulhamento de dados, que procura os fundamentos mais profundos de tudo e não se conforma com o superficial.

            A filosofia foi banida dos currículos, expurgada da Escola. A ordem era produzir uma massa passiva, homens sem consciência, mão-de-obra dócil à implantação do perverso capitalismo monopolista internacional. Qual seria a validade da filosofia na sociedade tecnocrática, a não ser a da crítica radical? A própria compreensão desta questão nos coloca uma outra controvérsia: para que serve a filosofia? E nisto precisamente está o primeiro passo de uma aproximação com a atitude filosófica original.

 A tentativa sempre precária e renovada em responder a esta questão já é filosofar.

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: