SAPERE AUDE!!*

Não é preciso ir muito longe para se deparar com indagações como essa que aparece ao lado. Talvez seja isso mesmo o que você esteja pensando nesse momento. Não é culpa sua. O problema é que você faz parte de um sistema (mundo) onde é muito comum rejeitar aquilo que não possui alguma finalidade prática ou utilidade, e nesse sentido, a filosofia não possui nem uma “finalidade” e nem uma “utilidade”.

“Ué!” – poderia dizer você. “então eu tenho que estudar uma coisa que não serve para nada?” – talvez fosse essa sua pergunta.

Bom, o problema é que tudo o que possui finalidade e utilidade, possui fim. Em outras palavras, o mundo está acostumado a valorizar aquilo que pode ser usado e depois descartar após seu uso, após seu fim. E nesse sentido a filosofia é uma força justamente porque ela não tem fim, ela transforma lentamente. Basta você olhar para a história do homem e perceberá que as grandes mudanças ocorreram a partir de transformações no pensamento humano, através da filosofia.

– “Mas e daí?” – você poderia argumentar novamente. – “o que eu tenho com isso?” – “eu não quero e nem penso em fazer nenhuma revolução!” – Sim, mas mesmo que isso seja uma verdade, você fará parte de uma querendo ou não. Ou você acha que a sua vida não é influenciada por essas revoluções? O grande problema é que a maioria das pessoas simplesmente passam pela existência sem se preocupar se estão sendo manipuladas, se vivem uma vida autônoma ou se caminham como rebanho fazendo o que todos fazem. O problema é que a maioria das pessoas não querem “perder tempo” com coisas “sem importâncias” porque o que importa realmente é viver a vida e curtir tudo o que puder! Trabalhar e ganhar dinheiro para consumir e ostentar na sociedade! Ou será que não é exatamente isso o que a maioria esmagadora faz?

A filosofia é um esforço para que saiamos do óbvio, da “normalidade”, da passividade, para irmos em direção ao pensamento autônomo e consciente. Para que saiamos da assimilação passiva e partamos em direção a consciência crítica das coisas.

Sócrates, Platão, Aristóteles, Descartes, Kant, Hegel, Marx, Nietzsche, Foucault e tantos outros podem parecer figuras “chatas” e “distantes”, mas se você pensar que eles ousaram pensar o impensado e se negaram a “ser mais um”, talvez você possa começar a enxergá-los com outros olhos. Talvez você desperte do seu sonho “maravilhoso” do seu “mundo cor-de-rosa” e saia da “Disneylândia açucarada” para encontrar o mundo real. Nesse mundo que a produz mais absurdos e aberrações do que poderiam caber na sociedade, é necessário cada vez mais à presença de pessoas conscientes para dizer “não” e “basta”. E se isso acontecer, se você despertar, então você poderá ser mais um a dizer não ao controle, à manipulação, e ajudar a tirar os cegos da caverna.

* Sapere Aude – Ouse saber! Expressão em Latim, usada por Kant no seu texto “Resposta à pergunta o que é Esclarecimento (Aufklãrung).

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: